quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Comigo-Ninguém-Pode


Comigo-ninguém-pode

Existem hoje catalogados mais de 30 tipos de comigo-ninguém-pode (
Dieffenbachia seguine) e devemos ter um cuidado especial com essa planta, pois em toda a sua estrutura encontramos o Oxalato de Cálcio entre outras substâncias, que são altamente tóxicos ao organismo de animais e pessoas.


Quando ingerido, causa irritação a língua e na glote, podendo causar morte por asfixia. Em contato com os olhos, pode causar irritação e lesão na córnea e ainda seu látex é corrosivo ao toque da pele em mucosas. Portanto, devemos ter muito cuidado para não deixar essa planta em locais de acesso a crianças pequenas e animais.

Originária da flora amazônica, essa planta deve ser cultivada em meia-sombra ou em sombra total. O solo deve ser rico em matéria orgânica. É considerada de fácil cultivo, pois pode ser cultivada isoladamente ou em vasos conjuntos. Multiplica-se quando cultivada em estaquia e preferencialmente em locais com umidade do ar relativamente alta.



Essa planta tem o poder de afastar, através da vibração que emana, as energias negativas de qualquer ambiente. Também é recomendada para proteger o lar sendo indicado colocá-la logo na entrada de sua residência. Entre seus benefícios, ela protege contra o mau-olhado e a inveja. Absorve a energia negativa de pessoas má intencionadas impedindo que estas cheguem até os moradores.


Quando cultivada em conjunto com a espada-de-são-jorge, ainda tem o poder de quebrar qualquer feitiço ou magia. Na umbanda, ambas são associadas ao orixá Ogum, enquanto a comigo-ninguém-pode também é relacionada com Exu. Outras combinações com a comigo-ninguém-pode são pimenteiras e arruda.

Axé a todos!




Ryan de Oroiná

Um comentário: