sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

Granada

Granada



Hoje iremos dar início a nossa sequência de textos no blog sobre as pedras e suas energias. 

Começaremos com a pedra granada, trataremos de suas forças e energias. 

A granada é de cor vermelho vivo, mas também pode ser encontrada em outras variações como laranja, marrom, verde e preto. É uma pedra considerada quente. É composta por silicato de alumínio, ferro, cálcio, magnésio e oxigênio. 

As pedras, assim como as plantas, possuem energias. Essas energias variam dependendo de sua cor e também vão determinar a ligação energética com cada chákra através disso. 

Desde a antiguidade, as pessoas têm visto as pedras como belas e poderosas. São muito utilizadas em rituais, como amuletos ou ligadas à religião. No Reiki (Sistema natural de harmonização e energização que propicia equilíbrio entre corpo, mente e espírito) as pedras também são utilizadas para o alinhamento de nossos chákras com a ligação energética das pedras. 


A granada está ligada energeticamente com o 1º chakra, que é o chakra básico. Dentre suas funções, esse chákra liga a pessoa à Terra, localizado na base da coluna e sua cor correspondente é o vermelho. Outras pedras também indicadas para esse chakra são: Ágata-Vermelha, Coral, Jaspe-Vermelho,Rubi. 

A granada remete ao fogo, desperta sentimentos, reações e tem muita energia voltada para paixão, equilíbrio, determinação, coragem e ajuda na autoconfiança. Por possuir uma energia muito intensa, a granada não precisa ser recarregada, sendo inclusive capaz de energizar outras pedras e cristais próximos a ela. Se quiser acelerar seu processo de recarregamento, deixe a sob a luz do sol por 30 minutos a 1 hora. 

Para limpar suas energias, lave-a em água corrente com sal grosso durante alguns minutos. A granada significa "Pedra do Fogo" e é considerada a guardiã do amor e da paixão. Essa pedra é a que te faz agir quando acomodado ou desequilibrado. Na antiguidade, era conhecida como "Pedra da Luz". Diz-se que, na Idade Média, existia uma tradição onde cada guerreiro utilizava em seu escudo um cristal da granada devido à atribuição de coragem e proteção à pedra. 

Na Cromoterapia, ela auxilia nos combates aos maus pensamentos e depressão, pois desperta no doente a vontade de se curar e estimula a autoconfiança, a imaginação e aumenta a auto percepção.

A granada é boa para quem tem falta de energia ou para quem se desanima com facilidade. Enfim, temos um leque de benefícios que essa pedra pode trazer para limpar, purificar e eliminar tudo o que não estiver bem. 

Na Umbanda, essa pedra é irradiada na energia do Orixá Ogum, pois possui a capacidade de, em momentos de crise, levar ordem onde houver caos. Fortalece e ativa o instinto de sobrevivência e da coragem, segurança e confiança ao seu usuário para que consiga ultrapassar obstáculos e encarar desafios. Em fases difíceis, a pedra pode se escurecer passando para uma tonalidade quase preta, quando é solucionada aquela situação ela volta a reluzir em seu vermelho vivo. Quando colocada embaixo do travesseiro ou usada ao dormir, afasta pesadelos. 

Como foi dito acima, a pedra é conhecida como a guardiã do amor e da paixão, ela protege os relacionamentos verdadeiros, seja no amor ou negócios, porém quem usar essa pedra deve tomar cuidado para não se deixar levar por crises de ciúmes que poderão destruir a relação, pois a pedra também estimula o sentimento de posse. 

"...Linha da Lei é linha forte nas demandas, Saravá pra Lei da Umbanda, Saravá pra Lei Maior..." 


Salve a Umbanda! 

Salve a força de Ogum! Ogunhê meu pai! 


Karol de Oxalá

Nenhum comentário:

Postar um comentário