quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Manjericão

Manjericão

Nome científico: Ocimum basilicum.

Há mais de 50 tipos de manjericão, nem todos são comestíveis.  Os mais comuns encontrados no Brasil são o manjericão comum ou alfavaca e o manjericão italiano, estes possuem um sabor bastante apreciado pelo paladar do brasileiro. O manjericão pode ser ingerido como tempero, em saladas, temperos ou na forma de chás. 

Além do paladar agradável, o manjericão contém vitaminas A, C e K, além de manganês, cobre, cálcio, ferro e gorduras ômega-3. É uma ótima fonte de magnésio e possui muitas propriedades medicinais, pois é anti-inflamatório e antibacteriano. É recomendado no tratamento de resfriados, melhora o sistema imunológico, melhora a visão, é antiestresse, é utilizado no tratamento de problemas da pele, como psoríase, micoses e picadas de insetos. O manjericão é bom para a saúde dos olhos, elimina pedra dos rins, trata o estômago, alivia dores de cabeça e ajuda a baixar o nível de colesterol.

Melhora  também o desempenho dos pulmões, sendo assim, indicado para problemas respiratórios. No trato do sistema nervoso, o manjericão normaliza os níveis de neurotransmissores no cérebro, auxiliando no tratamento de depressão. Ajuda ainda a combater aftas e aumentar o leite das lactantes. 
Como se pode perceber, incluir o manjericão na alimentação favorece a saúde do corpo em vários aspectos e sendo essa erva de sabor agradável, recomenda-se seu uso em larga escala.

Sendo o manjericão tão benéfico à saúde do corpo, nada a estranhar conhecer suas propriedades energéticas que vão desde a vitalização das energias espirituais à purificação dessas energias.

O manjericão é utilizado na Umbanda, na forma de banhos e defumações, mas há casos em que as entidades espirituais recomendam seu uso na forma de chás. Algumas propriedades do manjericão são a purificação e energização de energias físicas, mentais e espirituais de pessoas e ambientes. Também é usado para limpar e energizar guias de proteção. As propriedades energéticas do manjericão atuam também na liberação da vontade da pessoa, amenizando vontades reprimidas que geralmente são liberadas de forma explosiva. A presença de manjericão em um ambiente faz com que as pessoas sintam-se mais calmas e em paz.


O manjericão é considerado erva calmante e é irradiada por Iansã e Ibejis. Muito se ouve que Olorum, nosso Criador, colocou na natureza, em especial nas plantas, tudo aquilo de que necessitamos para uma boa saúde do corpo. O texto acima nos indica essa verdade, pois assim como outras tantas plantas que estamos tendo a oportunidade de conhecer, o manjericão atende a muitas necessidades físicas, assim como energéticas.

Devemos, pois, adotar hábitos saudáveis de alimentação, hábitos saudáveis de vida a fim de melhor cuidarmos desse vaso sagrado que é presente de Olorum, para que possamos viver melhor as experiências da vida.
Nosso corpo, esse templo sagrado em que habitamos temporariamente, tem muitas necessidades de vitaminas e minerais, mas essas necessidades vão além dos cuidados físicos, devemos ainda, cuidar de nossos pensamentos e sentimentos a fim de termos mais qualidade de vida.

Lembremo-nos que, ao colhermos essas ervas, ou em as consumindo, devemos agradecer a esse ser (planta) por nos ceder sua vida para que possamos sustentar a nossa própria.

Hélida de Nanã.

Nenhum comentário:

Postar um comentário