quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Tiririca

Tiririca


Nome científico: Cyperus rotundus
Nomes populares: tiririca, capim-tiririca, tiririca-do-brejo, capim-dandá, erva-coco, junça-aromática.

A persistência e a agressividade da planta lhe dão fama. Cresce depressa sob sol pleno, se desenvolvendo preferencialmente em terrenos pobres, ácidos, mal drenados e erodidos ou com o solo à mostra.




Apresenta grande capacidade de tolerar a seca, o encharcamento e o calor intenso. O sombreamento constante e o frio enfraquecem a planta, que toma um crescimento mais lento. Multiplica-se por sementes, mas principalmente por hipertrofias e tubérculos subterrâneos.


 Apesar de ser considerada uma erva daninha em muitas partes do mundo, Tiririca é muito rica medicinalmente.

Originária da Índia é indicada para infecção urinária, inflamação, dores abdominais, dismenorréia, gastralgia náusea e vômitos; tanto para uso adulto ou pediátrico.



Na nossa umbanda sagrada, tiririca é uma erva de exu. O pó feito de sua batata levada ao fogo funciona como pó de mudança de ritual e serve para afastar eguns.

Maria de Ogum Beira-Mar

Nenhum comentário:

Postar um comentário