segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Alfazema

Alfazema

Lavandula angunstifoliae”  uma espécie de planta da família “lamiaceae” e do gênero lavândula é conhecida popularmente como lavanda ou alfazema. 

Trata-se de uma planta com várias propriedades medicinais, calmantes, relaxantes, antiespasmódicas, analgésicas e antidepressivas. 


Pode ser usada na forma de chá através de suas folhas secas ou sachês e também na forma de óleo essencial.

Pode ser cultivada em casa em vasos, mas também pode ser comprada em farmácias de manipulações em alguns mercados e feiras.

Nos tratamentos é indicada para: 
Problemas do sistema nervoso, como ansiedade, angústia ou agitação. Má digestão, irritação no estômago, problemas de pele ou alergias à picada de insetos, cansaço e exaustão física. Problemas de sono, excesso de gases, má circulação, hipertensão arterial, enxaquecas e espasmos e asma brônquica. 

Contraindicações: 
Pacientes com úlcera gástrica e durante a gravidez.

Efeitos colaterais: 
Sonolência, devido a suas propriedades calmantes e relaxantes. 

Como se vê, trata-se de mais uma planta abençoada entre tantas outras a nossa disposição.
Acura pra todos os males e todas as enfermidades estão muito próximas de nós ou mesmo dentro de nós. Tudo se encontra na natureza ou em nosso coração.


É muito importante não fazermos uso de nenhuma planta sem acompanhamento de um especialista.

Excelente dia de paz e saúde a todos!


Carlos de Oxóssi

5 comentários:

  1. Ótima informação! Uso muito a lavanda em óleo para fazer massagens, inclusive em bebês.

    ResponderExcluir
  2. Muito bom! Além de linda também é cheirosa e muito útil!

    ResponderExcluir
  3. Muito bom! Gostei muito do texto! Parabéns Carlos!

    ResponderExcluir
  4. Muito bom! Gostei muito do texto! Parabéns Carlos!

    ResponderExcluir