segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Barbatimão

Barbatimão


É uma árvore que chega a atingir 4 a 6 metros de altura sendo nativa dos cerrados brasileiros. É muito difundida nas regiões Norte, Centro-Oeste, Nordeste e Sudeste. Conhecida também como Yba Timo, expressão indígena, que significa "Àrvore que Aperta", devido à ação adstringente que possui.
O caule e os seus ramos são bastante tortos, com poucas folhas, e é recoberta por cascas de aspecto rugoso. O seu nome popular é Barbatimão e o científico é Stryphnodendron  barbadetiman.

Parte usada: a casca. 
Propriedades Terapêuticas: adstringentes, tratamento de gengivas, hemostática, depurativa, antisséptica, antidiarreica, tônica, antiasmática, antiescorbútica.
Indicações: Terapêuticas, úlceras, leucorreia, catarro uretrais e vaginais, blenorragia, diarreia e hemorragia.

As cascas do Barbatimão têm grande poder adstringente, reduzidas a pó são usadas no tratamento de úlceras e infecções. É uma planta muito usada na indústria de curtume. A casca do Barbatimão produz matéria tintural vermelha, sendo também muito usada na indústria em tempos passados. 
Conforme pesquisa, o Barbatimão é associado ao  angico, aroeira e mulungu. Muito usado para fazer garrafadas medicinais.

Na umbanda, é usado para banhos e defumação, na força do orixá Oxumarê e Xangô, com energia diluidora, renovadora e equilibradora.


Márcia de Oxóssi

Um comentário: