quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Camomila

Camomila

 
Dando continuidade ao nosso estudo sobre as plantas, o texto de hoje abordará sobre a camomila, trazendo suas propriedades, benefícios, indicações e outras curiosidades sobre essa erva tão especial.

Seu nome científico é Matricaria chamomilla, sendo uma planta da família Asteraceae.

O seu aroma intenso e doce faz com que reconhecemos essa planta de longe. Além disso, outra característica marcante que ela carrega são suas pequenas flores brancas que lembram as margaridas.

A maioria dos brasileiros se vale do chá de camomila manipulando-o com as flores secas da planta ou com a utilização de sachês comprados em mercados com o intuito de se acalmar e reduzir a ansiedade. Porém, essa erva traz consigo inúmeras propriedades que proporcionam incontáveis benefícios, conforme veremos a seguir. 
 
Além das propriedades calmantes, a camomila auxilia na má-digestão, diminui a hiperatividade, ajuda no tratamento de problemas no estômago e a tratar as úlceras no estômago. Ajuda a aliviar o enjoo e cólicas menstruais, auxilia no tratamento de feridas e inflamações e acalma e remove as impurezas da pele.

Além do mais, auxilia na produção do colágeno, funciona como cicatrizante natural e pode ser utilizada, também, no tratamento de má circulação, inflamações gengivais e dores de dente. Combate o envelhecimento celular aumentando a atividade do sistema imunológico.

Interessante é que, em se tratando de fins cosméticos, a camomila também é utilizada em cabelos por aqueles que buscam deixá-los com a pigmentação mais clara. É usual se encontrar shampoos e cremes feitos com base de camomila. Além do mais, em compressas é capaz de suavizar olheiras e inchaço nos olhos devido ao seu óleo essencial, chamado azuleno. 
 
 
Essa planta é contraindicada para pessoas que têm renite alérgica, para aqueles que utilizam medicamentos para tratamento de trombose e para mulheres gestantes. Ressalta-se que para qualquer tratamento é importante o acompanhamento de um profissional.

Por fim, na umbanda, essa poderosa planta de Oxum é associada ao amor, purificação e proteção sendo muito utilizada em banhos de limpeza, visto que reestabelece forças espirituais e afasta o mau olhado. Ela equilibra, tranquiliza e estabiliza o campo astral humano e, além do mais, propicia a recuperação da autoestima e do amor próprio.
 
Natália de Iemanjá
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário