quarta-feira, 21 de março de 2018

Amazonita

Amazonita

A Amazonita é um mineral da família dos feldspatos, possui coloração esverdeada devido à presença de cobre em sua composição química.

Sua gênese está relacionada a magmas hidrotermalizados e/ou pegmatíticos. Ou seja, magmas oriundos de condições de alta pressão e temperatura de recozimento de rochas pré-existentes. Outra fonte para este mineral, pode ser o metamorfismo em grau moderado de sedimentos com cobre em seu meio. Sua ocorrência é limitada, obtido quase exclusivamente na Rússia, no estado norte americano do Colorado. Também pode ser encontrado em Madagáscar e no Brasil.


As primeiras evidências de uso da Amazonita, no Brasil, se dá aos índios  do baixo amazonas (ex:Tapajós e Konduri) que utilizam sempre pendurados aos seus pescoços um pequeno sapo lapidado em Amazonita. Esse pequeno sapo é o famoso Muiraquitã. 

Diz a lenda que esses amuletos eram confeccionados pelas índias que habitavam as margens do rio Amazonas, durante as noites de luar. Quando as águas da noite eram clareadas pela Lua, elas mergulhavam e pegavam pedras que eram modeladas rapidamente e oferecidas a seus amados como um talismã. Os homens penduravam o amuleto no pescoço e o levava quando iam caçar, acreditando que traria boa sorte e felicidade.


O uso terapêutico da Amazonita é bastante variado, pois pode ser utilizada como calmante, antiestresse e, além disso, encoraja e impulsiona a autodeterminação. Possui excelente força curativa e está relacionada ao sistema nervoso central, tendo por isso um efeito calmante, ajudando a diminuir a ansiedade.

Atua em diversos níveis, no espiritual, emocional, mental e físico. No nível espiritual, atua na coragem e determinação,  nos auxiliando a esquecer o sentimento de vitimização e nos encoraja a enchermos nossas vidas de energia. No emocional, ajuda a balancear o humor, sendo assim uma espécie de calmante, acabando com a tristeza e os sentimentos de depressão, estimulando uma crença saudável em Deus. No nível mental, atua dissolvendo problemas, estimula a interação entre o racional e a intuição. Por fim, no físico, ajuda a regular os distúrbios metabólicos e tem um efeito relaxante, auxiliando na hora do parto (expandindo o canal vaginal de forma natural),  fortalece o sistema nervoso e ajuda com desordens cerebrais, harmoniza a glândula pituitária, o timo, sendo boa para todo o sistema nervoso autônomo e os órgãos internos e, além do mais, evita todos os tipos de problemas cardíacos.



Assim como o Quartzo Verde, a Amazonita é uma pedra sob irradiação do Orixá Oxóssi, pois possui poderosa ação filtrante e purificadora de vibrações e ondas eletromagnéticas negativas, sendo capaz também de bloquear os efeitos negativos de emanações de aparelhos elétricos como celulares e microondas.


Victor de Oxumarê

Nenhum comentário:

Postar um comentário