quarta-feira, 14 de março de 2018

Pedra do Sol

Pedra do Sol

      A pedra do sol é um poderoso amuleto capaz de atrair o sucesso, felicidade e energia, pois carrega consigo a luz e a força do sol. Na Umbanda, esta pedra está ligada ao Orixá Xangô. Ela ajuda a liberar tristezas, mágoas, cansaço e energias negativas, revitalizando todos ao chákras e aumentando a energia positiva que nos envolve. Mas atua principalmente no Chákra Esplênico, que se localiza acima do baço.



      É extremamente útil para romper amarras com outras pessoas, estejam nos chákras ou na aura. Esse tipo de amarra tem o poder de drenar nossas energias, podem estar em um nível mental ou emocional. Mantenha a pedra com você durante o tempo todo, caso você ache difícil dizer não às pessoas ou caso viva fazendo sacrifícios pelos outros.
     A energia e a força emitida por essa pedra são importantes para pessoas que têm a autoestima baixa, pois transmite paz interior, sentindo uma união e comunhão, restituindo a vontade de viver. Fisicamente, a pedra do sol é benéfica em problemas gastrointestinais, ajuda a limpar os rins, bexiga e intestinos e contribui também para perda de peso.


      A Pedra do Sol é um cristal que não se forma naturalmente, apesar de ser composto por minerais naturais. O efeito com cristais cintilantes que a compõem é produzido por monges italianos, que mantêm a sua composição em segredo. Diz a lenda que os monges e os alquimistas italianos tentaram criar uma ligação direta entre a Terra e o Céu em homenagem a Jesus. Os monges juraram guardar segredo da sua composição até a eternidade. 

      A pedra do sol é umas das poucas pedras consideradas autolimpantes. Ela se limpa e se recarrega sozinha, sendo inclusive capaz de limpar e recarregar outras pedras e cristais próximos a ela. Entretanto esse processo é lento. Se você quiser usar a sua pedra do sol com muita frequência, recomenda-se que a lave em água corrente e a deixe no sol de meio dia por aproximadamente 30 minutos.


Ana Clara de Iracema 

Nenhum comentário:

Postar um comentário