sexta-feira, 8 de setembro de 2017

Caridade

Caridade


Muito se fala em caridade, mas na verdade, pouco se faz. Outro dia em uma gira fechada tivemos um grande ensinamento com o Caboclo Sete Flechas, e hoje trago essa reflexão para vocês. 

Não estamos falando apenas da caridade umbandista, mas no geral, no dia a dia de cada um. O que realmente é caridade? Para nós é comum encher o peito (talvez por vaidade, talvez por realmente acreditar) pra dizer o que fizemos ao próximo, como se isso fosse realmente a nossa salvação e nós tivéssemos garantindo a nossa evolução espiritual. Mas a caridade não é tão simples assim. Para realmente ser considerada uma caridade, devemos abrir mão de algo que nos fará falta, ou algo que não queremos doar. 



Temos dois exemplos básicos para que você compreenda melhor. Quando separamos roupas antigas, que não nos servem ou não usamos mais, para doação, isso não é caridade, isso é nossa obrigação. Outro exemplo simples é quando estamos muito tranquilos, dispostos, alegres, em uma fase boa da nossa trajetória e vamos ao terreiro, igreja, ou qualquer outro lugar para agradecer pelas bênçãos recebidas, isso é nossa obrigação. Caridade é quando uma peça de roupa nos fará falta, mas o próximo precisa muito mais dela do que eu, então eu entendo que devo ceder para essa pessoa. Caridade é quando depois de um dia cansativo, estressante, que você queria apenas ficar quieto em seu lar, você se esforça e vai ao terreiro, mesmo não querendo estar ali, entende que tem pessoas e espíritos que necessitam da sua presença ali. 

Sei que muitos não fazem nem sua obrigação, mas estamos aqui para aprender com o melhor exemplo e não o pior, certo? E porque não sermos um exemplo a ser seguido? Vamos parar de nos justificarmos na correria do dia a dia, nos erros dos outros e começar a realmente praticar a caridade. Convido vocês a partir de hoje olhar com mais amor, com mais aceitação, com mais conhecimento para as situações que somos colocados, e podermos praticar mais a caridade.

Maria de Ogum Beira-Mar

Um comentário:

  1. Muito interessante e esclarecedor em relação ao sentido da palavra caridade. 👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽

    ResponderExcluir