quarta-feira, 13 de setembro de 2017

O processo de mudança para a evolução espiritual

O processo de mudança para a evolução espiritual


Primeiramente vamos pensar nessa simples e singela palavra que é mudança, no dicionário Aurélio temos: Ato de mudar; Troca; Alteração, Modificação, Transformação (física ou moral); Variação. Aparentemente parece um processo simples e rápido, no entanto sabemos que na prática as mudanças não ocorrem assim, elas podem ser dolorosas e longas. 

Usemos como exemplo o processo de metamorfose da lagarta para borboleta, em um certo ponto da vida da lagarta ela passa por diversas pequenas mudanças; a pele da lagarta muda, ela adquire a capacidade de criar a seda (para ser utilizada na construção do casulo), e depois de algum tempo a lagarta inicia a formação do casulo. Quando a lagarta está dentro do casulo ocorre a mudança mais drástica e brusca de sua vida, ela perde todas as suas características morfológicas e adquire novas caracteristicas completamente diferentes. E é exatamente quando a lagarta vira borboleta,e ela se torna bela aos olhos do observados. Mas o que esse simples processo nos afeta?

A resposta também é simples; nós filhos de terra somos muito apegados às coisas terrenas sem importância espiritual, e estas não nos auxiliam no processo de evolução espiritual, precisamos nos apegar àquelas coisas que nos fazem crescer espiritualmente. No entanto o processo de evolução espiritual não ocorre de uma vez, ele é gradacional e contínuo.

A transformação da lagarta em borboleta é o símbolo da grande transformação por que devem passar os homens para que eles venham a ser o que devem ser. Nós somos as lagartas, mas a transformação só acontece porque aceitamos e compreendemos a necessidade de alçar voos. Lagarta que não passa pelo processo metamórfico não se torna borboleta e pior, pode virar comida de outros bichos. Assim acontece conosco, filhos de terra, as grandes transformações só acontecem quando passamos por situações difíceis. Essas dificuldades podem ser; dor, depressão, perder um ente querido, uma doença, perder o emprego, etc. Mas apenas as dificuldades nos fazem recolher nos nossos casulos para nos tornarmos borboletas. 

É simples, é igual subir uma escada quando se é uma criança, quando você está em um degrau está tudo bem, e quando tem que subir um degrau tem que colocar mais força, essa ação exige mais energia, e quando usamos mais da nossa energia, a ação se torna desgastante. 

Retornando ao conceito básico de mudança; uma das definições diz que é uma Transformação (física ou moral). Quando buscamos o crescimento espiritual a mudança faz-se necessária pois temos que abdicar de coisas para que outras cheguem, e como a própria definição diz, é transformação física, moral e espiritual.

Victor de Oxumarê

Nenhum comentário:

Postar um comentário