quarta-feira, 6 de setembro de 2017

DEUS na Umbanda

DEUS na Umbanda



Assim como em diversas outras religiões, a Umbanda acredita em um Deus Supremo, trata-se de uma religião monoteísta. Acreditamos que Dele provém todas as formas de vida, sendo Este inclusive o criador dos Orixás, criador de todas as coisas.

Cada nação o chama por um nome, Zambi, Olorum, Olodumaré, no entanto, a essência é a mesma, o amor e devoção pelo nosso Deus é o mesmo. Ele se encontra acima dos Orixás. É o Senhor de tudo e de todos. Onisciente, onipresente e onipotente. 

Na religião umbandista Ele não possui uma representação, nem um templo específico, pois consideramos que seu templo está em todos os lugares. Não é necessário um lugar próprio, uma imagem pré-determinada, pois, para nós, Deus está em tudo, Deus é tudo.

A Umbanda Brasileira aderiu em especial as denominações Zambi, Olorum e Tupã - este último pelas influências indígenas - para designar o Deus Supremo. Desta forma, dependendo da linha das entidades elas podem usar qualquer uma dessas expressões, pois, não é o nome que vai alterar a imagem ou a essência de Deus. Ele é único, independente da forma que o chamamos.

Acreditamos que tudo que acontece em nossas vidas, inclusive se estamos encarnados, se temos a mediunidade, se evoluímos, é porque Deus, em sua infinita bondade e misericórdia nos permitiu. Desta forma, Ele deve e merece ser louvado antes ou depois dos encontros espirituais.

Para nós Deus é um ser vivo, que se manifesta através da natureza, e através de seus orixás. Como dito anteriormente não temos uma representação de Deus na umbanda, mas temos a imagem de Jesus ou Oxalá, sempre no alto do congá, olhando por nossas vidas, nos dando sabedoria para nossos trabalhos, nos mostrando que não estamos sozinhos.

Deus não está preso em livros, nem escolheu ou privilegiou povos ou pessoas para executar suas ordens. Deus se comunica conosco a cada gira, Ele está próximo de nós. 

Temos que aprender a busca-lo, basta sabermos como nos ligar a Ele, pois, como disse Jesus: Buscai e achareis. 

Luiza de Oxum

Nenhum comentário:

Postar um comentário