sexta-feira, 23 de junho de 2017

A magia do AMOR


A magia do AMOR

   O amor é a ligação mais pura entre os seres terrestres com Deus, baseando-se nesse sentimento ele fez o ser racional chamado homem. No primeiro contato com o terreiro tive a percepção que a ajuda ofertada era simplesmente a formação do ciclo de amor entre o plano espiritual e material, nada exigido ou cobrado em troca.

   Por muito tempo caminho na dificuldade de entender o significado dessa palavra, não sabendo valorizar as coisas simples, como o colorido das árvores ou o pôr do sol de cada manhã. Sim, ele acrescentou em cada criação o amor e aperfeiçoou todos os momentos. Nos concedeu o poder de amar e ser amado, preencheu cada um com sentidos como visão, audição, paladar, olfato e tato para aguçar toda beleza de suas obras. 

   O amor é a magia necessária para tudo que se almeja. A nossa querida Vozinha Maria Conga sempre nos toca para que possamos entender a finalidade da nossa encarnação, que muitas das vezes é enxergar o amor. Ela diz que devemos aprender a expandir esse amor, sendo que não existe fórmula exata, basta sentir e compreender que somos seres sagrados. Aquele que sabe sobre o amor consegue ser grato por tudo que é oferecido, não reclama da falta ou das dificuldades que passa encarnado, pois reconhece que tudo se faz necessário. 

   De acordo com o guardião do terreiro, Caboclo Sete Flechas, o amor não é um sentimento forçado, sentimos no nosso interior para que sejamos capazes de propagar no exterior. Sendo primordial a sinceridade, pois tudo que é forçado perde o valor. Se cada um
conseguisse pelo o menos se amar não teriam tantas pessoas perdidas, percebendo assim que o amor é a chave da vida, sendo consequência amar o próximo. Amamos a Deus sobre todas as coisas, e amamos ao próximo como nos amamos. Somos a criação de Deus, dentro de cada um reina este, concluindo que devemos amar o próximo como amamos a Deus e nós mesmos. 

   Por fim, entendo que o amor é algo simples e desde o momento que você consegue amar a si mesmo, vai distribuir amor para quem está ao seu redor. Se você se aceitar vai a aceitar a todos, da forma que são, fechando espaço para sentimentos baixos, como inveja, intolerância, arrogância, falsidade.... Não vai buscar apontar nos outros os seus defeitos e fazer deles o seu espelho de frustração, vai aceitá-los como são, entendendo que todos estão nos acrescentando de alguma forma. Lembre-se Deus te fez inteiro com todos os sentimentos necessários para ser feliz e querer o bem do próximo, não busque em algo tudo que você já tem dentro de si.

Amor a todos!

Lara de Ogum Iara

Nenhum comentário:

Postar um comentário