quinta-feira, 20 de julho de 2017

Umbanda: Amor e Caridade.

Umbanda: Amor e Caridade.


   Tarefa tentada por muitos e cumprida somente por alguns (falar sobre Amor e Caridade), seja na umbanda, seja em qualquer outro segmento religioso... 

  Mas o que credencia a pessoa a falar sobre a energia de criação e sua maior manifestação entre nós, no seio da Sagrada Umbanda?

   Não sou credora dos atributos necessários, no entanto, se não começar a falar sobre minha essência, jamais saberei sobre ela... é isso: Amor é essência divina no Ser, de qualquer Ser: minha, sua, de todo Ser criado no seio do Amor de Olorum.

   Amor é energia de criação, assim, tudo o que provém de Olorum provém, também do Amor.

   Caridade é o movimento que essa energia provoca naquele que está desperto para sua essência sagrada ou está despertando....

   Nas palavras de Pai Benedito, um querido Preto velho: Gentileza é um dever e uma caridade; um dever para quem a pratica e uma caridade para quem a recebe. Estas palavras tão singelas e sábias nos faz pensar que a gentileza é um forma através da qual o Amor se manifesta através e entre nós.

   Muito se ouve e se falar que “Umbanda é Amor e Caridade”, e é. 


   Uma das manifestações religiosas em que mais se pratica o Amor e a Caridade talvez seja a Umbanda, pois nela, encarnados (médiuns, cambones, ogãns e outros trabalhadores), juntamente com desencarnados (guias de todas as linhas), juntos unem seu conhecimento, seu tempo, seus melhores sentimentos em favor daqueles que buscam na Umbanda o alívio para suas dores.


   O que une esses dois mundos, o físico e o espiritual é o amor e o resultado dessa união é a caridade: sendo o Amor a energia, a Caridade é o movimento que dela deriva.... assim, da energia de amor que há na essência de cada Ser, encarnado ou desencarnado que atua na Umbanda, surge a Caridade, seja através de passe, de cura, de orientação, quebra de demanda, abertura de caminho ou outro trabalho qualquer.

   O Amor é de natureza divina, é a atividade de Olorum, é a base para tudo que existe, é a cola que une a tudo, é energia de conexão que une os seres entre si e com o Criador, no entanto, cada um entende o Amor de acordo com seu grau de consciência espiritual, sendo interpretado e experimentado de acordo com a maturidade do Ser, que apenas começa a experimentar essa energia.


   O Amor é a árvore e a caridade seu fruto.

Amor é energia de eterno retorno, assim, o “bem que se pratica aqui, será nosso advogado em toda parte” (Chico Xavier).

...Deus é Amor, e quem está em Amor está em Deus e Deus nele. (João 4:16)

Fora da Caridade não há Salvação (cap. 15 do Evangelho Segundo o Espiritismo)

Caridade é o Amor em exercício (Emmanuel/Chico Xavier)

Cada Ser carrega onde quer que vá essa essência sagrada: a energia do amor e urge prestar atenção a ela, exercitá-la seja num sorriso, através da oferta de um agasalho, de um prato de comida, uma oração em favor de alguém, uma palavra de consolo, uma mão amiga, pois são infinitas as formas de se praticar a Caridade.

E você? Tem praticado a Caridade em sua vida de que forma?

Que o Amor e a Caridade encontrem em você disposição para exercitá-los.

Hélida de Nanã

Um comentário: