terça-feira, 29 de agosto de 2017

Pombogira - Pomba gira

Pombogira - Pomba gira



Entidades intrigantes da linha da esquerda foram, durante muito tempo, vistas como mulheres vulgares, prostitutas; pois se apresentam geralmente com roupas coloridas e exuberantes (pretas e vermelhas), babados, fitas, rendas, brilhos e flores, algumas fumam cigarrilhas, bebem champanhe. SEMPRE apresentam comportamento irreverente, são alegres, festivas e não gostam de sentir o clima triste, buscando imediatamente promover a mudança para a alegria.

Para alguns, Pombogira seria a personificação feminina de Exu, porém não é assim; também Exu não é a personificação masculina de Pombogira. Ambos trabalham na linha da esquerda e formam parcerias de trabalho cada um usando seu ponto de força e conhecimento a fim de melhor atuarem.

Segundo Rubens Saraceni, a entidade Pombogira é especialista em amor e relacionamentos, trabalham na irradiação do Orixá Pombagira (leia-se em texto anterior), que atua nos desejos humanos, estimulando o Ser a conquistar aquilo que deseja.

Pombogira trabalha auxiliando e guardando os planos inferiores vibracionais para combater o mal que ainda se encontra na criação divina. Pelo fato de Exus e Pombogiras atuarem em planos muito próximos às faixas vibracionais da Terra, são espíritos profundamente conhecedores das paixões humanas, de seus desejos, imperfeições e qualidades. Trabalham atuando nessa energia para ajudarem àqueles que buscam suas orientações.


Pombogiras se manifestam de modo sensual, livre das opressões machistas da sociedade, aconselham sempre no sentido de a pessoa voltar-se para si, olhar-se, perceber-se como credora de atenção e respeito, amor. Buscam estimular a autoestima nas mulheres e nos homens por entenderem que a relação de amor mais sofrida e infeliz nos dias de hoje é o amor próprio.

Infelizmente, muitas pessoas buscam essas entidades sagradas apenas para fazer amarrações, mas Pombogira de Umbanda NÃO FAZ AMARRAÇÃO; busca, antes fazer com que o consulente comece uma relação de amor consigo mesmo.


Algumas das Pombogiras mais famosas: Maria Padilha, Sete Saias, Maria Mulambo, Maria Navalha, Maria Quitéria, Rosa Caveira e várias outras; falarei um pouco mais especificamente de Rosa Caveira por ser minha Pombogira de frente. Rosa atua na linha dos caveira, seu ponto de força é a calunga menor(cemitério) e se por um lado é rosa, por outro é caveira. Eu a percebo pequena, de cabelos escuros e levemente encaracolados, chega sempre com uma gargalhada vibrante que desagrega energias negativas... penso: - se consegue desagregar tais energias apenas com sua gargalhada... que poder é esse? o que mais essa pequena grande mulher pode fazer? Manipula a energia da alegria muito bem.... demonstra uma segurança despreocupada de quem se conhece, conhece o mundo e sabe muito bem o que faz... onde coloca seus pés..... rosa caveira... você é uma linda flor... e é mesmo, linda.

Pombogira atua quebrando demandas, abrindo caminhos, fazendo proteção tanto para os seus médiuns, como para os consulentes, também para que os trabalhos das demais linhas sejam feitos.

Dia da semana: segunda feira, dias do mês 07, 14, 21, cores: preto e vermelho; saudação: Laroyê!, recebe oferendas em encruzilhadas em T e as oferendas dadas a esses guias são padê, velas vermelhas ou pretas, champanhe, rosas vermelhas, perfumes e tudo o que seja para enfeitar uma mulher.

“Sacode o pó que chegou Rosa Caveira!”
Laroyê Pombogira! Que seu axé nos fortaleça.

Hélida de Nanã

Nenhum comentário:

Postar um comentário